PROJETO: TICKET TO RIDE #1

Hoje começo outro projeto mensal aqui no blog!

Desde que comecei a postar conheci muitas pessoas que largaram tudo pra viver no Reino Unido, grande maioria brasileiros. Tive a ideia então de entrevistar essas pessoas pra saber o motivo da mudança, dificuldades, conquistas, um pouco da cultura nova em que vivem entre outros.

Nasce assim, o Ticket To Ride, um projeto que te mostra como é a vida lá fora nos mínimos detalhes!

O primeiro entrevistado é o Jefferson Dias, conheci ele em um dos grupos do facebook que participo sobre Reino Unido. Pensa numa pessoa simpática, multiplica! ❤

Jeff, já deixo meu MUITO OBRIGADA por colaborar com o projeto, foi um prazer IMENSO conhecer um pouco mais da sua vida =)

Sem mais delongas, vamos conferir:

Glasgow

1 – De onde você é, idade, onde mora atualmente, por que?

Nasci em São Paulo-SP mas morava no interior em Jales e São José do Rio Preto, mas atualmente moro em Glasgow na Escócia (Reino Unido). Me mudei para cá por que conheci Martin, meu esposo em 2013 enquanto ele fazia intercâmbio na Unesp por período de 6 meses, no mesmo lugar onde eu estudava matemática. Acreditem, ir para universidade mudou minha vida, de uma cidadezinha pacata do interior, estou aqui no Reino Unido, e não me arrependo de ter vindo!

2 – Estuda? Trabalha? Fale um pouco sobre sua vida.

Quando eu cheguei aqui comecei a estudar num college, eu tinha aulas de inglês todos os dias, mas depois de 6 meses, no término do primeiro bloco, eu resolvi parar de atender as aulas por dois motivos, o primeiro, que é muito longe da onde eu moro e segundo que fazer curso de inglês aqui é praticamente a mesma coisa que fazer curso de inglês em qualquer outro lugar do mundo, mas é muito importante ter uma base de inglês, e saber falar um pouco, mas o inglês de verdade você aprende e melhora com os seus amigos, nas ruas, fazendo coisas cotidianas. Ainda não trabalho aqui, porque 3 meses depois que cheguei aqui, já apliquei pro meu residence card, e o home office pegou meu passaporte, e para quem vem de outro país TUDO que você precisar aqui é com PASSAPORTE  ou ID britânico ou europeu. Eu gosto bastante daqui por vários motivos, vou citar alguns.  Aqui você consegue viver bem, comprar as coisas que você tem vontade, você sai final de semana não gasta muito, por que as coisas não são tão caras. As pessoas aqui sempre te tratam muito bem, não importa se você é branco, negro, se está com uma roupa velha, rasgada se está a pé ou em um carro caro, as pessoas aqui são mais humanas no meu ponto de visto, te respeitam, e sempre ajudam com um sorriso no rosto. Lógico que em todo lugar existe um zero á esquerda. Resumindo aqui a vida é muito melhor, por que eu sempre digo para os meus amigos, no Brasil o brasileiro sobrevive, quando nascemos, nascemos com o botão do modo HARD ligado, mas espero que a situação do nosso país melhore, pois acima de tudo foi onde eu nasci e vivi por muito tempo e pessoas que eu me importo ainda estão ai.

3 – Nos conte como é a cultura, costumes por aí.
 

Bom estou a pouco tempo por aqui, e sei pouca coisa dos costumes daqui. Bom, vou falar um pouquinho do KILT, aquela famosa ‘saia’ masculina, que a propósito, se alguém falar saia eles se ofendem muito facilmente. Eu achava que isso era usado diariamente pelos escoceses, engano de quem pensa isso, com o frio daqui eles morreriam hahaha. O kilt é usado somente em ocasiões muito especiais, e para aqueles que gostam também. Mas é normal os homens se casarem de kilt aqui. A comida tradicional e também famosa por ser bem escocesa é o Haggis, ao me ver é bem disgusting, que é baseado nas visceras moida das ovelhas, eu experimentei e não tem gosto ruim, mas também não é bom. E eles também tem um refrigerante local chamado Irn and Bru, e lembra chiclete tutti frutti, é gostosinho até.

4 – Cite 3 pontos turísticos que não podem faltar no roteiro de quem vai para Glasgow.

 Quem vem a Glasgow precisa visitar a Buchanan Street, uma rua com bastante diversidade, pessoas cantando, tocando ou fazendo arte, é muito bonito e interessante ao meu ver, mas é geralmente mais de sexta a domingo e quando o tempo está bom. Tem também o Kelvingrove Park, um lugar lindo e enorme para os dias de sol que são raros, acreditem! Mas acreditem, um dos lugares que eu mais gosto aqui em Glasgow é o Necropole, the city of the deads, ou seja, a cidade dos mortos, que também tem uma vista linda de Glasgow e que fica logo atrás da Catedral de Glasgow, uma construção gótica se não me engano do séc XII que geralmente tem concertos de órgão de graça, vale muito a pena visitar esses lugares.

5 – Em uma única frase, nos convença a conhecer sua cidade:

O por quê de vir a Glasgow? Para quem gosta de diversidade e cultura, não há lugar melhor na Escócia com bastante variedade de tudo, etnias, comidas, arte, etc…

6 –  O que você mais sente falta no Brasil (fora a família)?

A comida. Não que aqui seja ruim, não é isso eles têm comidas muito saborosas aqui, mas aquele arroz e feijão que você faz aqui não é a mesma coisa, parece que as panelas trabalham de um jeito diferente haha. Tirando que o arroz e feijão são diferentes do que estamos acostumados no Brasil, até a carne daqui é diferente, as frutas aqui são diferentes, as uvas são horríveis, mas pelo menos eu vi e comi framboesa pela primeira vez na vida acreditem, e adorei! Eles tem frutas que desconhecia no Brasil, como o mirtilo (blueberry), enfim quando tenho a oportunidade de comer algo bem brasileiro não deixo passar.

7 – Quais os pontos positivos e negativos de morar fora?

Bom, por um lado a experiência de viver em outro país, aprender outra cultura, é simplesmente maravilhosa, conhecer lugares novos, viajar, fazer novas amizades. No entanto sempre temos saudade de alguma coisa do nosso país, no meu caso eu morro de saudades da nossa comida, aqui é difícil, por que parece que falta tempero nas coisas, parece que o pessoal fica com dó de colocar tempero nas coisas que eles fazem. Uma coisa que também não gosto muito daqui é a frieza das pessoas, quando você as cumprimentam, isso digo os mais chegados, quando se trata de mulheres, no máximo um beijo no rosto como estamos acostumados no Brasil, mas é estranho, eu sempre tenho a sensação de que fazem por obrigação e no caso dos homens, um aperto tchau e as vezes um aperto de mão, e não aquele abraço de amigo que estamos acostumados no Brasil, então é isso, sinto falta do calor da amizade brasileira, isso os europeus e britânicos não tem (logicamente que não estou generalizando sempre há uma exceção).

8 – Obrigada pelo seu tempo e atenção Jeff, por ultimo, deixe um conselho para quem pensa em mudar de país =)

Gente, eu penso que tenho que dizer isso pois todo o ser humano precisa ter os pés no chão. Eu sempre vejo e ouço pessoas dizendo, ai vou pra Londres, Nova York, o diabo a quatro, em busca de uma vida melhor. De fato a vida no Brasil é mais difícil, e em outros lugares parece ser mais fácil. De fato os recursos fora do Brasil são muito melhores, sem comparação. Mas a vidá só será mais fácil se você tiver um trabalho, e não gastar demais. Então pessoal, antes de sair do conforto do lar de vocês por mais difícil que esteja, tenha certeza que você conseguirá se manter até conseguir um trabalho, a vida não é fácil para imigrantes não, acreditem! Fica até um pouco mais difícil se você é imigrante. Bom galera é isso aí. Qualquer dúvida, vocês podem entrar em contato comigo pelas minhas redes sociais. Um abração.

213c0639-7af2-4fcb-aaeb-ce134f6b5845
Quem quiser falar com o Jeff pode encontrá-lo aqui:
Instagram – diias.adolf (fotos do dia a dia aqui do continente europeu hahahha)

 

Anúncios
Deixe um comentário

1 comentário

  1. Aiiii amei esse post, uma ótima proposta entrevistar os brasileiros , demais! Beijos Claudia

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: