MÚSICA BRITÂNICA #5

https://i0.wp.com/static.guim.co.uk/sys-images/Observer/Pix/pictures/2015/9/1/1441115844116/The-Libertines-CDs-009.jpg

Banda de hoje já tem muita história, porém eu ainda não conhecia o som dos caras. Super thanks para o Luís Fernando que me indicou ontem, ouvi e já curti! Vamos conferir:

Em agosto, o álbum homônimo da banda britânica Libertines completou uma década – seu segundo e último trabalho até então.

Na virada do século, os Libertines, Strokes e White Stripes, mostravam-se bandas totalmente emocionantes para afetarem o conforto enfadonho e a sanidade mental da música, para liderarem uma linda ‘panela’ musical com o estilo displicente, garageiro e sujo. Os britânicos dos Libertines, por sua vez, há 10 anos tratavam de nos lembrar que nem tudo tinha uma trajetória feliz.

Pete Doherty, Carl Barât, Gary Powell e John Hassall eram os Libertines. Barât e Doherty formavam uma amizade letal que além de emocionar seus fãs com suas composições grandiosas em trabalho conjunto, traziam também consigo turbulência e uma severidade de problemas. Tudo se potencializou quando o vocalista Pete Doherty com seu abuso de drogas e sua quase derrota física e pessoal para elas, fez com que a banda dentro de alguns meses suspirasse o fim em seu completo e magistral auge.

Tudo isso poderia se tornar um triste e desconfortável conto, mas essa história que uma vez começou incendiária não poderia trazer melancolia. Ela nos revelou esse polo de amizade e de rebeldia, de energia e de celebração. Todo o talento da banda congelada no tempo, neste disco de qualidade e neste arsenal de descontrole.

Os Libertines chutaram o mundo. Os fãs do Libertines chutaram o mundo mais forte ainda.

[+] Em 2010, os Libertines se reuniram apenas uma vez no palco do Reading & Leeds Festival, fato que não ocorria desde dezembro de 2004. Em 2014, a banda se reuniu novamente e anunciou uma turnê pela Europa no segundo semestre, sua primeira turnê em 10 anos, com 10 datas. Também divulgaram que estão para lançar um terceiro álbum de estúdio em meados de 2015.

Fonte: Camila Ferraz

Vi lá no Spotify que já tem o álbum lançado pela banda agora em 2015.

Já coloquei na minha playlist =)

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: