CONHEÇA AS LOCAÇÕES DE HARRY POTTER

Warner Bros. Studio Tour

Expresso de Hogwarts na King’s Cross do Warner Bros. Studio Tour

Harry Potter é um sucesso literário, cinematográfico e comercial sem precedentes. J. K. Rowling deu o ponto final na série em 2007, mas a pottermania continuou, incentivada pelo lançamento de filmes, do portal PotterMore, das atrações nos parques Universal em Orlando, e da abertura dos estúdios da Warner Bros. em Leavesden, na Inglaterra, para visitação do público.

Bate-volta de Edimburgo ao Castelo de Alnwick

Castelo de Alnwick

A visita ao Castelo de Alnwick (diga: Ênic) é certamente uma das mais divertidas visitas a castelos que se possa fazer na Europa. Muito usado como locação de filmes e seriados, tem uma programação diária de atividades e shows que é entretenimento puro.

Em março deste ano, entrou na programação um tour a pé dedicado a apresentar o castelo de Alnwick como locação para TV e cinema. De todas as produções que tiveram cenas rodadas ali (Robin Hood – O Príncipe dos Ladrões; Elizabeth; Ivanhoé, entre outros), Harry Potter é sem dúvida a mais popular entre os visitantes.

O castelo de Alnwick foi dublê de Hogwarts nos dois primeiros filmes da série do pequeno bruxo. A cena mais famosa rodada por ali é aquela de Harry Potter e a Pedra Filosofal em que os calouros aprendem a voar de vassoura na classe da Madame Hooch (e o atrapalhado Neville Longbottom acaba se espatifando no chão).

Para entrar no clima, depois do tour você pode fazer uma aula de vôo de vassoura com dois hilários professores-feiticeiros.

Na programação também estão um espetáculo circense com adoráveis bobos da corte, um tour de terror pelos porões do castelo e passeios históricos pela propriedade, tudo incluso no valor da entrada. A única atividade paga à parte é o arco e flecha.

A área infantil é uma gracinha, montada como uma vila medieval. Tem monitores e atividades para crianças o dia todo.

A família do duque de Northumberland ainda mora no Castelo de Alnwick, e você pode visitar alguns dos salões em uso para ter uma ideia de como é o glamouroso dia-a-dia de um nobre inglês. A biblioteca e a sala de jantar foram recentemente usados no último episódio especial de Natal do seriado Downton Abbey, que ganhou ali uma exposição bem bacana (assunto para outro post!). Infelizmente, não é permitido fotografar os interiores.

Quando ir e como chegar. Em 2015, o Castelo de Alnwick vai receber visitantes até 1º de novembro, todos os dias da semana, de 10h às 17h30 (última entrada às 16h15). A temporada costuma começar entre final de março e início de abril; o calendário pode ser consultado no site. Alnwick fica no nordeste da Inglaterra. A forma mais fácil de chegar é de trem, descendo na estação de Alnmouth, uma cidade vizinha. De lá, siga de ônibus até a rodoviária de Alnwick, ou de táxi (reserve antes; eu usei a The Yellow Taxi) até o castelo. Os ingressos podem ser comprados na hora.

Tour a pé por locações de Harry Potter, Londres

Domingo é um dia meio paradão em Londres. Fãs de Harry Potter que tenham acabado de chegar na cidade podem aproveitar o dia para conhecer o centro com o tour a pé da London Walk. O The Harry Potter Film Locations in the City é como um encontrão de um fã-clube internacional dos livros e filmes; no meu grupo havia franceses, belgas, americanos, alemães, e éramos, em grande parte, maiores desacompanhados.

Richard, o bem-humorado guia do passeio, sabe tudo sobre Hogwarts (pelo cachecol, foi selecionado para Grifinória), e recheia a caminhada com perguntas, encenações e curiosidades de bastidores.

Leadenhall Market

Leadenhall Market

A parada mais emocionante é no Leadenhall Market, um mercado coberto lindo usado no primeiro filme da franquia. Quem não se lembra de Harry Potter assustado com uma lista de material escolar que incluía até um caldeirão? Por uma passagem secreta no Leadenhall Market, Hagrid levou Harry para fazer suas primeiras compras de itens de bruxaria no Beco Diagonal.

A Millenium Bridge — da arrepiante cena dos comensais da morte em Harry Potter e o Enigma do Príncipe — também faz parte do roteiro, que passa pelo Borough Market, pelo Bank of England e pela Tower Bridge, combinando lugares que apareceram nos filmes com outros que inspiraram a autora em suas histórias. É um passeio mais indicado como tour de reconhecimento para quem é estreante em Londres; se não for a sua primeira vez na cidade, provavelmente vai acabar repetindo atrações já visitadas.

Quando ir e como chegar. As saídas do passeio acontecem em frente à estação Bank do metrô, todo domingo, às 14h. Não é necessário reservar com antecedência. Veja preços atualizados no site. Fora dos meses de inverno, há também saídas às quartas-feiras.

Bate-volta de Londres ao Warner Bros. Studio Tour

Warner Bros. Studio Tour

Os estúdios da Warner Bros. em Leavesden, a pouco mais de 30 km de Londres, foram usados nas filmagens de toda a série Harry Potter ao longo de uma década. Com o final das filmagens, acabaram transformados em atração turística, abrindo suas portas para o público em 2012 com o The Making of Harry Potter.

Como não se trata de um parque temático, mas de um tour em que o visitante dita o próprio ritmo de sua visita, eu imaginei que as orientações do site eram meio exageradas em sugerir 3 horas e meia para rodar por toda a atração. A verdade é que o passeio pode durar até mais.

O salão principal de Hogwarts, com as mesas das quatro casas: Lufa-Lufa, Corvinal, Sonserina e Grifinória. A classe de Severo Snape, com ingredientes de poções e caldeirões enfeitiçados. O Beco Diagonal, e as lojas de Olivaras, Floreios e Borrões e Gemialidades Weasley.

Junto a objetos, figurinos e cenários dos filmes são exibidos vídeos com depoimentos de profissionais (atores, diretores, engenheiros, artistas plásticos) envolvidos na produção.

Os cenários são impactantes, mas também os pequenos detalhes. Dá para ver de perto as varinhas usadas por cada personagem, o pomo de ouro das partidas de quadribol, as capas do Profeta Diário e as horcruxes.

No bar, você pode experimentar a cerveja amanteigada e, na loja, comprar um Aragogue para chamar de seu.

A grande novidade de 2015 é a chegada do trem Expresso de Hogwarts original, e da recriação da plataforma 9 3/4 da estação King’s Cross. Dentro do trem, há pertences pessoais dos estudantes, como se tivessem passado por ali há pouco, remetendo a cada filme da série. Na plataforma, você pode garantir a sua foto “entrando” na parede da estação, como os alunos da escola de magia.

Mas ainda mais especial é encerrar a visita em frente ao modelo de Hogwarts usado nas filmagens das externas do castelo.

Quando ir e como chegar. Os estúdios da Warner Bros. ficam em Leavesden. Em Londres, vá de metrô até a estação Euston e de lá pegue um trem a Watford Junction (escolha o que não é parador, com Watford Junction como estação seguinte a Euston). Você pode pagar essa viagem com o seu Oyster.

Da estação partem ônibus exclusivamente para os estúdios; o ponto é logo na saída. (Guarde sua passagem do ônibus; ela é ida e volta.) Há tours diariamente. Consulte o calendário no site e faça sua reserva de dia e horário com antecedência.

Fonte: Viaje na Viagem

Anúncios
Post anterior
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: